Conheça mais detalhes das Tunnel Boring Machines, usadas na escavação de túneis metroviários

Conheça mais detalhes das Tunnel Boring Machines, usadas na escavação de túneis metroviários

Pela maior produtividade na escavação de túneis, as Tunnel Boring Machines (TBM) – ou tatuzões – se tornaram importantes elementos das obras metroviárias do País. O equipamento perfura, em média, de 10 m a 14 m por dia.

O uso das tuneladoras depende inicialmente da extensão do túnel, segundo Matheus Herrmann, coordenador de TBM do Consórcio Expresso Linha 6 de São Paulo. “Para túneis padrão, o custo e o prazo de implantação de uma TBM compensam se o túnel tiver comprimento igual ou superior a 4 km.” Além disso, túneis complexos, mesmo de comprimento inferior, exigem o uso da máquina: “É o que ocorre em travessias em zonas pantanosas ou sob grandes densidades demográficas”.

Ler mais