Aeroporto internacional do Rio de Janeiro conclui obras para atender público da Olimpíada

Aeroporto internacional do Rio de Janeiro conclui obras para atender público da Olimpíada

Após quase dois anos em obras, o Riogaleão – Aeroporto Internacional Tom Jobim inaugurou em maio uma nova área de 100 mil m². O Píer Sul, construído como uma expansão do Terminal 2, integra uma série de reformas necessárias para receber cerca de 1,5 milhão de passageiros esperados para assistir aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

A modernização é fruto de uma concessão obtida em agosto de 2014 pela concessionária Riogaleão, formada pela Odebrecht TransPort, Changi Airports International e Infraero. Com o apoio da estatal, as empresas serão responsáveis pela administração e operação do aeroporto até 2039, graças a uma oferta de R$ 19 bilhões, 294% acima do lance mínimo estabelecido pelo Governo Federal. O grupo já investiu R$ 2 bilhões e estão programados mais R$ 3,2 bilhões até o fim do contrato.

Ler mais

Terceiro grande BRT do Rio, Transolímpica atravessa 11 bairros a facilita acesso a competição esportiva

Terceiro grande BRT do Rio, Transolímpica atravessa 11 bairros a facilita acesso a competição esportiva

Uma das principais obras de mobilidade já realizadas no Rio de Janeiro, o BRT Transolímpica abrirá novas alternativas de deslocamento em uma cidade que cresceu de forma desordenada e ao redor de morros que agem como barreiras naturais. O novo corredor tem 25 km de extensão, sendo 13 km de vias expressas, e avança por 11 bairros, conectando o Recreio dos Bandeirantes (zona Oeste) a Deodoro (zona Norte).

Além de reestruturar permanentemente as vias cariocas, o novo BRT (Transporte Rápido por Ônibus, na sigla em português) foi pensado para auxiliar a fluidez de visitantes e comitivas ligados aos Jogos Olímpicos. Assim, a via dá acesso à Vila dos Atletas, ao Parque Olímpico, ao Parque Radical e ao Centro de Hipismo e Tiro.

Ler mais

Conheça a obra do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, que teve investimento de mais de R$ 260 milhões

Conheça a obra do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, que teve investimento de mais de R$ 260 milhões

RESUMO DA OBRA
Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro
Contratante: 
Governo do Estado de São Paulo
Local: 
São Paulo
Área construída: 
40 mil m²
Área de intervenção: 
90 mil m² (inclui parques e praças abertas ao público)
Início das obras: 
dezembro de 2013
Data de conclusão: 
dezembro de 2015

O Brasil ainda não se transformou na potência olímpica para a qual tanto investe. Há evolução em várias modalidades de esportes, mas o quadro de medalhas que acompanhamos nos Jogos Olímpicos ainda mostra o País em uma posição discreta no cenário mundial. Porém, nos esportes paralímpicos, o cenário é bem diferente. Os atletas brasileiros conquistam diversos pódios, figurando entre as grandes nações nesse tipo de competição. Uma condição que pode se reforçar ainda mais pela nova estrutura à disposição dos atletas paralímpicos. Ler mais