Contra crise hídrica, Governo de São Paulo entrega a interligação entre as bacias hidrográficas Jaguari-Atibainha

Contra crise hídrica, Governo de São Paulo entrega a interligação entre as bacias hidrográficas Jaguari-Atibainha

Foi entregue no início de março a interligação entre as bacias hidrográficas Jaguari-Atibainha, na região Metropolitana de São Paulo, obra considerada essencial pelo Governo de São Paulo para combater a crise hídrica. O objetivo é aumentar a disponibilidade de água para cerca de 39 milhões de pessoas de São Paulo, Campinas, cidades da região do Vale do Paraíba e Rio de Janeiro.

A interligação, de 20 km de adutoras e túnel, terá uma vazão máxima de 8,5 m³/s da represa Jaguari, no Vale do Paraíba, para a Atibainha, em Nazaré Paulista, e de 12,2 m³/s no sentido contrário. Para isso, são utilizadas seis bombas de 5.000 CV para empurrar a água morro acima, fazendo com que ela possa superar a montanha que separa as duas represas, em um desnível de 200 M.C.A.

Ler mais

ETE Barueri, na Grande São Paulo, inicia segunda etapa de ampliação de capacidade

ETE Barueri, na Grande São Paulo, inicia segunda etapa de ampliação de capacidade

A Construtora Passarelli, empresa que atua na área de infraestrutura, anunciou o início da segunda etapa de ampliação da capacidade da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Barueri, na Grade São Paulo. Com previsão de entrega para outubro de 2018, a obra permitirá o aumento da capacidade de 12 mil litros para 16 mil litros de esgoto por segundo.

Com investimento de R$ 390 milhões pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) a estação de tratamento é a segunda maior da América Latina, sendo capaz de retirar atualmente, 216 milhões de litros por dia do Rio Tietê e do Rio Pinheiros, devolvendo 2,5 mil litros de água tratada por segundo.

Ler mais