Sistema solar é projeto-piloto para as demais estações no Distrito Federal

Sistema solar é projeto-piloto para as demais estações no Distrito Federal

FICHA TÉCNICA

Localização: Ceilândia Sul, Distrito Federal
Conclusão: Outubro de 2017
Projeto e execução: Cápua Projetos e Construções

CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA IMPLEMENTADO

O sistema fotovoltaico para geração de energia elétrica é formado pelos seguintes elementos:

-Módulos fotovoltaicos
-Estrutura metálica de suporte dos módulos fotovoltaicos
-Inversor AC/DC
-Cabos de conexão
-Dispositivos de proteção CC e CA

Ler mais

Inaugurada há 3 meses no Distrito Federal, a Estação Solar Guariroba possui sistema de captação solar fotovoltaico com capacidade de gerar 228 mil kW/ano

Inaugurada há 3 meses no Distrito Federal, a Estação Solar Guariroba possui sistema de captação solar fotovoltaico com capacidade de gerar 228 mil kW/ano

Na ocasião da inauguração, em 20 de outubro, o governador de Brasília Rodrigo Rollemberg destacou a preocupação ecológica do sistema que é o primeiro desta natureza a ser implantado na América Latina, e o quarto no mundo. “Esse sistema vai significar economia de R$ 50 mil a R$ 60 mil por mês para o metrô, e o nosso objetivo é ampliar isso para outras estações”, disse.

De acordo com o Metrô-DF, o sistema abastecerá toda a estação. O projeto–piloto de mini geração de energia limpa reduzirá, a médio prazo, as contas de luz da companhia. Em concorrência nacional para instalar o sistema, na qual disputaram 38 empresas, a vencedora do pregão eletrônico foi a Cápua Projetos e Construções Ltda. que atuou por meio de sua subsidiária Héstia Energy. Segundo Daniela Diniz, diretora técnica do Metro-DF, “a matriz sustentável implementada segue determinação do governador do DF, Rodrigo Rollemberg, de investimentos do poder público em energias renováveis e mobilidade limpa”. Diniz reforça que nas demais estações do sistema, a energia usada já é proveniente de fontes limpas, de matriz hidrelétrica.

Ler mais

Telha zipada é alternativa para cobrir áreas extensas e planas

Telha zipada é alternativa para cobrir áreas extensas e planas

deais para coberturas de grande extensão e com pequena inclinação, as telhas zipadas podem ser montadas sobre qualquer tipo de estrutura – nova ou existente -, mesmo de concreto. Também são uma boa solução para a recuperação de coberturas existentes e o saneamento de lajes. As telhas zipadas são projetadas para uso em coberturas com extensões de captação de água a partir de 40 m, havendo telhas zipadas de 60 m ou até 120 m de comprimento em uma única peça. De acordo com a Associação Brasileira da Construção Metálica (Abcem), são indicadas para coberturas planas com inclinações de até 2%.

Como são fabricadas no canteiro, dispensam o transporte, mas requerem uma área razoável para serem produzidas, além de equipe com mais pessoas para o manuseio das peças de grande comprimento.

Ler mais