Aneel conclui primeiro leilão de energia de 2018, com investimentos de R$ 5 bilhão

Aneel conclui primeiro leilão de energia de 2018, com investimentos de R$ 5 bilhão

Em abril, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizou o Leilão Nº 01/2018 – “A-4”. O preço médio ao final das negociações foi de R$ 124,75 por MWh, com deságio de 59,07% em relação aos preços-tetos estabelecidos, representando uma economia de R$ 9,73 bilhões para os consumidores de energia.

Com deságio de 73,49%, os projetos eólicos foram negociados a R$ 67,60/MWh e os solares a R$ 118,07/MWh, deságio de 62,16% frente ao preço inicial. Os menores preços já negociados até o leilão de hoje eram de R$ 97,49/MWh para empreendimentos eólicos e de R$ 143,50/MWh para solares. Ler mais

Aneel homologa resultado de leilão que vai investir R$ 8,7 bilhões em linhas de transmissão

Aneel homologa resultado de leilão que vai investir R$ 8,7 bilhões em linhas de transmissão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) homologou em fevereiro o resultado do leilão de transmissão nº 2/2017, realizado no dia 15 de dezembro na B3, em São Paulo. Ao todo, foram negociados 11 lotes para a construção, operação e manutenção de 4.919 km de linhas de transmissão. O deságio médio foi de 40,46%.

Os empreendimentos ficam na Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Tocantins. Esses lotes ofertados representam R$ 8,7 bilhões de investimentos em transmissão.

Ler mais

Aneel assina contratos de concessão de sete mil km de linhas de transmissão

Aneel assina contratos de concessão de sete mil km de linhas de transmissão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) assinou na última sexta-feira (11) os contratos de concessões das linhas de transmissão leiloadas no dia 24 de abril. Com 31 de 35 lotes arrematados, as concorrências tiveram um ágio de 36,47%, resultando em um investimento de R$ 12,7 bilhões durante os 30 anos do contrato com as concessionárias, que, inicialmente, terão prazo de 36 a 60 meses para conclusão das obras.

Os negócios somam cerca de 7.068,6 km e 13,1 mil mega-volt-amperes (MVA) de potência de subestações. São empreendimentos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Ler mais

ATENÇÃO ASSINANTES!

O acesso às edições mais recentes das revistas AU – Arquitetura e Urbanismo, Construção Mercado, Equipe de Obra, Infraestrutura Urbana e Téchne foi restabelecido em nossa plataforma digital.