Governo de São Paulo publica licitação da segunda fase de obras na rodovia Raposo Tavares

Governo de São Paulo publica licitação da segunda fase de obras na rodovia Raposo Tavares

O Governo de São Paulo, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), publicou na última quinta-feira (14) o edital 0004/2017 de licitação de modernização do último trecho da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), entre os municípios de Ourinhos e Itapetininga.

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, serão aplicados cerca de R$ 900 milhões, considerando R$ 600 milhões da segunda etapa da licitação e R$ 300 milhões que já foram autorizados durante a primeira fase. O investimento será feito pelo Banco Mundial por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) e pelo Banco Santander, com garantia da Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (Miga).

Ler mais

Governo de São Paulo deve lançar novo pacote de licitações para obras rodoviárias

Governo de São Paulo deve lançar novo pacote de licitações para obras rodoviárias

O secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, Laurence Casagrande, anunciou durante uma palestra realizada no Sindicato da Indústria da Construção Pesada de São Paulo (Sinicesp) o lançamento de um segundo pacote de licitações para obras de reativação de estradas vicinais e para conservação, com data prevista para o início de 2018.

Com a expectativa de gerar arrecadação de capital para investimentos em obras necessárias em meio à crise, o Governo pretende solucionar os problemas dos modais atuais, com a expansão do sistema de concessões, redução das tarifas dos pedágios e atualização jurídica, tributária e institucional. “O Governo do Estado tem como compromisso investir na infraestrutura, fator essencial para o desenvolvimento”, disse o secretário.

Ler mais

Novos trechos de rodovias são integrados no Programa de Desestatização do Governo Federal

Novos trechos de rodovias são integrados no Programa de Desestatização do Governo Federal

O Governo Federal autorizou na última segunda-feira (7), por meio da publicação do decreto nº 9.117 no Diário Oficial da União, a inclusão de 17 rodovias federais no Programa Nacional de Desestatização (PND), que transfere um bem público para o setor privado. São trechos nos estados do Mato Grosso, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Segundo o Governo Federal, a medida vai assegurar uma reestruturação econômica do setor público, uma vez que se torna possível a retomada de investimentos nas empresas e atividades, bem como a melhoria do perfil e da redução da dívida pública líquida.

Ler mais

Complexo viário de 11.800m evita entrelaçamentos no interior de São Paulo

Complexo viário de 11.800m evita entrelaçamentos no interior de São Paulo

O complexo viário de Ribeirão Preto (SP), inaugurado em dezembro de 2014, impressiona pelos números: são oito viadutos e 20 rampas de acesso, estabelecendo uma gigantesca “teia” de vias curvilíneas, com aproximadamente 450 metros de diâmetro. Ao todo, se colocados em linha reta, são 11.800 m de extensão, que formam o maior trevo rodoviário do Brasil, capaz de suportar o tráfego contínuo atual de 92 mil veículos por dia, e que deve chegar a 160 mil veículos diários em 2045.

O “Trevão de Ribeirão Preto”, como foi apelidado o complexo viário, foi resultado de uma solicitação da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para substituir a antiga rotatória Waldo Adalberto da Silveira, construída em 1972, e que já não suportava o fluxo que chegava a picos de 8 mil veículos por hora. A Arteris, concessionária que operava na região, ficou encarregada de elaborar o projeto de total remodelação do trevo.

Ler mais