TCE-SP registra falha no cronograma financeiro de 56,88% obras no Estado

TCE-SP registra falha no cronograma financeiro de 56,88% obras no Estado

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) realizou em setembro a sexta fiscalização-surpresa de 2017 em 212 cidades visando analisar o andamento e condições de obras públicas sob responsabilidade administrativa dos municípios. Ao todo, foram 234 projetos analisados entre as 20 regiões jurisdicionadas pelo órgão, demandando cerca de 200 agentes de fiscalização.

Do total de obras visitadas, 47% (110 obras) estão em fase de andamento e 20,09% (47 obras) seguem paralisadas por problemas contratuais, sendo que 72,34% não possuem justificativas detalhadas. Apenas 32,91% (77 obras) estão concluídas.

Ler mais

Confederação Nacional de Municípios afirma que há 8,2 mil obras paradas no Brasil

Confederação Nacional de Municípios afirma que há 8,2 mil obras paradas no Brasil

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgou que 8,2 mil obras estão paralisadas em cidades de todo o Brasil e 11,2 mil deveriam estar em andamento, mas não foram iniciadas. Os dados fazem parte do estudo técnico Obras Paradas: Cruzamento de Base de Dados de Contratos de Repasse (Caixa Econômica Federal) e Restos a Pagar (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal).

Com o intuito de auxiliar na gestão municipalista, a análise identificou que um dos principais motivos para a paralisação e adiamento de início das construções se deve ao orçamento da União, que era previsto em R$ 32 bilhões para os municípios neste ano, porém teve apenas 25% repassado, o equivalente a R$ 7,3 bilhões.

Ler mais