Governo Federal inclui 31 novos projetos no Programa de Parcerias de Investimentos

Governo Federal inclui 31 novos projetos no Programa de Parcerias de Investimentos

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) qualificou em março 31 novos empreendimentos que já vinham sendo estudados e amadurecidos pela equipe da Secretaria do PPI e dos Ministérios do Governo Federal. O setor mais beneficiado foi o de energia, com 24 Lotes de Linhas de Transmissão integrados ao programa.

Esses projetos farão parte do leilão nº 02/2018, a ser realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), gerando cerca de R$ 8 bilhões em investimentos em diversos estados.

Ler mais

Aneel homologa resultado de leilão que vai investir R$ 8,7 bilhões em linhas de transmissão

Aneel homologa resultado de leilão que vai investir R$ 8,7 bilhões em linhas de transmissão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) homologou em fevereiro o resultado do leilão de transmissão nº 2/2017, realizado no dia 15 de dezembro na B3, em São Paulo. Ao todo, foram negociados 11 lotes para a construção, operação e manutenção de 4.919 km de linhas de transmissão. O deságio médio foi de 40,46%.

Os empreendimentos ficam na Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Tocantins. Esses lotes ofertados representam R$ 8,7 bilhões de investimentos em transmissão.

Ler mais

Grupo CCR e RuasInvest são escolhidas para operar as linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô de São Paulo

Grupo CCR e RuasInvest são escolhidas para operar as linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô de São Paulo

O Consórcio Viamobilidade, formado pelas empresas RuasInvest e Grupo CCR, foi o vencedor do leilão de concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô de São Paulo, realizado nesta sexta-feira (19) pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos (STM). A proposta, de R$ 553,88 milhões, foi 185% maior do que a outorga fixa mínima exigida pelo governo estadual (R$ 194,3 milhões).

O grupo concorria o consórcio composto pela CS Brasil, do grupo JSL, e pela coreana Seul Metrô, que ofertaram R$ 388,5 milhões.

Ler mais

Ecorodovias ganha concessão do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas, em São Paulo

Ecorodovias ganha concessão do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas, em São Paulo

A Ecorodovias Infraestrutura e Logística, controlada pelo Grupo Gavio, apresentou a melhor proposta no leilão de concessão do Trecho Norte do Rodoanel Mario Covas (SP 021), realizado na última quarta-feira (10) na B3 (antiga BM&F/Bovespa), em São Paulo. Foi oferecida uma outorga de R$ 883 milhões, o que representa um ágio de 90,71% ao valor sugerido pela Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) – cerca de R$ 462 milhões.

Em segundo lugar ficou a Autostrade Concessões e Participações Brasil, controlada pela Atlantia, que ofertou uma outorga de R$ 517.851.056,00 – ágio de 12%.

Ler mais

Leilão de concessão do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas, em São Paulo, será em janeiro

Leilão de concessão do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas, em São Paulo, será em janeiro

A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) publicou na última sexta-feira (6) o edital para a concessão internacional do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas (SP 021). Previsto para 10 de janeiro, o leilão terá oferta mínima de R$ 462.367.014,00 milhões e o vencedor será escolhido pelo maior lance.

O edital garante investimento de R$ 581,5 milhões ao longo de 30 anos. Poderão participar do leilão empresas nacionais, estrangeiras, fundos de investimentos e entidades de previdência complementar.

Ler mais

Aneel assina contratos de concessão de sete mil km de linhas de transmissão

Aneel assina contratos de concessão de sete mil km de linhas de transmissão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) assinou na última sexta-feira (11) os contratos de concessões das linhas de transmissão leiloadas no dia 24 de abril. Com 31 de 35 lotes arrematados, as concorrências tiveram um ágio de 36,47%, resultando em um investimento de R$ 12,7 bilhões durante os 30 anos do contrato com as concessionárias, que, inicialmente, terão prazo de 36 a 60 meses para conclusão das obras.

Os negócios somam cerca de 7.068,6 km e 13,1 mil mega-volt-amperes (MVA) de potência de subestações. São empreendimentos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Ler mais

Comunicado aos Assinantes PINI!

Clique aqui.