Projetos para BRTs e VLT em Campinas começam a ser desenvolvidos | Infraestrutura Urbana

Notícias

Notícias

Projetos para BRTs e VLT em Campinas começam a ser desenvolvidos

Investimento do Ministério das Cidades nos estudos dos dois sistemas de mobilidade urbana é de mais de R$ 2 milhões

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
6/Abril/2017
Divulgação: Prefeitura de Campinas

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, autorizou na última sexta-feira (31) o início da elaboração do projeto de dois empreendimentos de mobilidade urbana na cidade de Campinas, no interior de São Paulo.

O primeiro trata-se de cerca de 32 km de corredores exclusivos e quatro km de corredor preferencial de ônibus, no padrão Bus Rapid Transit (BRT), divididos nas linhas Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral. A obra terá investimento de R$ 98 milhões do Orçamento da União (OGU) e financiamento com juros subsidiados de R$ 197 milhões.

Segundo a Prefeitura de Campinas, o empreendimento tem custo estimado de R$ 451,5 milhões e tempo de construção de cerca de 36 meses. Os corredores de ônibus deverão atender aproximadamente 450 mil pessoas, que diminuirão o seu tempo de deslocamento em 20%.

O segundo projeto prevê recursos de R$ 1,2 milhão do OGU para a elaboração de estudos para implantação do corredor exclusivo de transporte urbano (VLT), que terá cerca de 18 km de extensão, terminais de integração e estações de parada e transferência.

"Com esse projeto estamos dando um grande passo para melhorar a mobilidade urbana numa cidade que é a oitava economia do Brasil", ressaltou o prefeito de Campinas, Jonas Donizette.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos