Governo do Amazonas anuncia pacote de investimentos de R$ 1,6 bilhão em infraestrutura | Infraestrutura Urbana

Notícias

Notícias

Governo do Amazonas anuncia pacote de investimentos de R$ 1,6 bilhão em infraestrutura

Obras previstas para todo o estado deverão ser executadas entre os anos de 2017 e 2018

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
18/Abril/2017
ROBERTO CARLOS / SECOM

O governador do Amazonas, José Melo, anunciou investimentos de R$ 1,675 bilhão para a infraestrutura do estado durante os anos de 2017 e 2018. As obras beneficiarão Manaus e outros municípios do interior com foco em desenvolvimento logístico e econômico.

Segundo o governador, os investimentos eram necessários para o desenvolvimento econômico do estado, já que estão ligados à Nova Matriz Ambiental, que recuperará os ramais nos municípios de Itacoatiara, Itapiranga, Rio Preto da Eva, São Sebastião do Uatumã, Autazes, Borba, Anamã, Careiro Castanho, Envira, Ipixuna, Guajará, Iranduba, Manacapuru, Manaquiri e Tabatinga. "Poucas pessoas sabem, mas esses ramais e vicinais são localizados em regiões extremamente produtivas e seu asfaltamento significa garantir uma logística melhor para os produtores rurais do nosso Estado que hoje perdem produtos por não conseguir escoar seus itens para a capital. Com essas obras, vamos potencializar isso e garantir renda para o nosso homem do interior", disse Melo.

Faz parte do pacote de obras, o trecho 2 da Avenida das Torres na capital amazonense, com 1,2 km de extensão entre a Avenida Timbiras e a Rua Curió, no bairro Cidade Nova, zona norte. Com previsão de entrega para dezembro de 2017, a obra receberá investimento de R$ 52.288.602,21 por parte da Caixa Econômica Federal, Proinvest e Tesouro Nacional.

O trecho 3 fica entre a Rua Curió até o Igarapé do Passarinho, no Monte das Oliveiras, com 1,7 km de extensão. Já o trecho 4, que liberou em junho de 2016 6,5 km da Avenida das Flores, é o responsável por ligar o Igarapé do Passarinho até a Avenida Margarita, com 8,2 km de extensão. O prazo de conclusão é para dezembro de 2017 e o investimento total do Ministério das Cidades, Proinvest e Tesouro Nacional é de R$ 192.124.723,09.

Os Anéis Viários também serão beneficiados, com recursos do Ministérios das Cidades e Tesouro Nacional. O Anel Sul terá R$ 81.187.473,60 para a duplicação da estrada do Tarumã em seus 8,50 km de extensão com 1ª etapa para abril de 2018 e 2ª etapa para dezembro de 2018. O Anel Leste com 17,20 km de extensão, composto pela interligação da Reserva Duque até a Bola da Suframa, terá investimento de R$ 163.888.300,82 e 1ª prevista para dezembro de 2017 e 2ª para dezembro de 2018.

Receberão investimentos ainda as obras realizadas na Bacia do São Raimundo, como o segundo trecho do Parque das Cacimbas, que prevê investimento de R$ 7.380.674,35 para a execução de serviços de galeria de macrodrenagem, urbanismo, paisagismo e equipamentos urbanos.

A ligação Viária Luiz Antony, no bairro Presidente Vargas, por sua vez, receberá R$ 42.466.088,10 para a implantação de sistema viário, calçada, microdrenagem (meio-fio e sarjeta), ciclovia e urbanização da orla e R$ 46.482.460,05 para a execução da rede de esgoto.

Por último com investimento de R$ 1.694.698,74, será a Galeria de Afluentes do Mestre Chico 2 e da Rua de Serviço, na Rua Duque de Caxias, com serviços de implantação de galeria de macrodrenagem (drenagem profunda), urbanismo e paisagismo.

Outras obras na capital:

- O segundo trecho do Parque Linear das Cacimbas, entre as ruas do Rosário e São Sebastião, no bairro São Raimundo, onde serão executados serviços de galeria de macrodrenagem, urbanismo, paisagismo e equipamentos urbanos. Com investimentos de R$ 7.380.674,35, essa obra está prevista para ser iniciada ainda no primeiro semestre de 2017 e ser concluída em dezembro deste ano.

- Ligação Viária Luiz Antony, no bairro Presidente Vargas, zona Sul de Manaus, que tem previsão de ser realizada entre março a dezembro deste ano, com a implantação de sistema viário, calçada, microdrenagem (meio-fio e sarjeta), ciclovia e urbanização da orla serão os serviços no valor previsto de R$ 42.466.088,10, além da execução da rede esgoto estimada em R$ 46.482.460,05 (esgoto).

- Galeria de Afluentes do Mestre Chico 2 e da Rua de Serviço, na rua Duque de Caxias, no valor de R$ 1.694.698,74, com a implantação de galeria de macrodrenagem (drenagem profunda), urbanismo e paisagismo. Esse projeto tem previsão de ser executado entre maio a setembro de 2017.

Para o segundo semestre de 2017, o cronograma de obras do Governo do Amazonas prevê iniciar obra do Trecho Silves a Maués, localizado entre as Ruas Nova e Daniel Sevallo, no bairro da Raiz, zona Sul de Manaus. Nesta área, haverá intervenção de obras para implantação de galeria de macrodrenagem, paisagismo, viário e reforma Campo do Betanhão, que está programado para ser concluído até o segundo semestre de 2018. Obra estimada no valor de R$ 77.988.320,62.

- Obra do Parque Bittencourt, entre as ruas Sete de Setembro e Emilio Moreira, no Centro, que contempla a revitalização do local, com recursos na ordem de R$ 1.062.121,25 e programação para ser executado no período de maio a setembro de 2017.

- O Prosamim tem intervenção de obras já em andamento para a área do Igarapé da Sharp, bairro Armando Mendes, zona Leste da capital. O projeto para essa área prevê a recuperação de 2.600m de igarapé e requalificação urbanística com a implantação de praças arborizadas, ciclovias, playground e área de ginástica, quadras de vôlei e futebol de areia e anfiteatro. O custo estimado da obra é R$ 71.337.729,59. São duas frentes de obras: a primeira entre abril deste ano e dezembro 2017 e a segunda entre abril a dezembro de 2018.

- O projeto de requalificação socioambiental das nascentes e parte da área de preservação permanente da porção norte do igarapé do Mindú. O valor estimado da obra é na ordem de R$ 40 milhões, com início em agosto de 2017.

Região Metropolitana:

-A duplicação de 78,14 km da Rodovia AM-070, a estrada que liga Iranduba e Manacapuru, recebe o investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Proinvest e Tesouro Nacional. A obra está orçada em R$ 279.642.517,36 e tem como prazo de conclusão para junho de 2018.

Ramal do Brasileirinho:

- Este projeto contempla a ligação entre a Rodovia AM- 010 (Manaus - Itacoatiara) e o Ramal do Brasileirinho. Com o valor de R$ 12.537.184,00, esta obra teve início em fevereiro de 2017 e tem previsão de ser concluído em janeiro de 2018.

- Tem ainda a duplicação da AM-010, com valor estimado em R$ 216.000.000,00. Este projeto contempla o trecho entre Manaus e o município de Rio Preto da Eva. No total serão 62 Km de duplicação.

Interior:

- O ProsaiMaués prevê obras de recuperação nas Lagoas do Maresia, Prata e Donga Michilles, com projetos de requalificação urbanística incluindo serviços de macro e micro drenagem, sistema de abastecimento de água, de esgotamento sanitário e urbanização, que contempla praças, estrutura para feiras e exposições e área para lazer e prática esportiva. Para a requalificação urbana das lagoas Maresia, Prata e Donga Michiles as obras, com custo de R$ 48.978.986,60, iniciaram no mês de fevereiro deste ano e devem ser concluídas em agosto de 2018.

- O ProsaiMaués também está executando as obras de perfuração de poços tubulares, unidades sanitárias e ligações domiciliares em 13 comunidades indígenas, que iniciaram em janeiro deste ano e tem previsão de ser concluído em agosto de 2017. O valor para essas obras é de R$ 2.056.390,00.