Crea-RJ recomenda que a Ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, permaneça interditada até agosto | Infraestrutura Urbana

Transporte

Notícias

Crea-RJ recomenda que a Ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, permaneça interditada até agosto

Como os próximos meses são propícios a ressacas, prazo poderia ser utilizado para obras e estudos hidrológicos

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
28/Março/2017

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) recomendou nesta terça-feira (28) que as obras de reparação da estrutura na ciclovia Tim Maia, localizada entre São Conrado e Leblon da Avenida Niemeyer, no Rio de Janeiro, sejam iniciadas no próximo mês. Isso porque o trecho deveria permanecer interditado até agosto, período mais propenso a ressacas na orla.

Fernando Frazão/Agência Brasil

Em abril de 2016, devido à grande ressaca no mar, uma onda de quatro metros atingiu a estrutura, resultando no desabamento da via e na morte de duas pessoas e diversos feridos. Segundo laudo do Crea-RJ, a causa do acidente tem relação com o projeto da ciclovia, que não previu as ressacas do mar. Durante a perícia foram apontadas falhas na construção como incompatibilidade de materiais na execução da obra, que resultou em fissuras nos pilares, corrosão da estrutura metálica e irregularidades na junção das bandejas onde passa a ciclovia.

Em entrevista à Agência Brasil, o presidente do Crea-RJ, Reynaldo Barros, afirmou que as obras de reparação da ciclovia podem ser consideradas de caráter simples por necessitarem de materiais e técnicas conhecidas, mas que ainda assim procedimentos mais complexos podem ser solicitados. Ele ainda sugeriu que no período que a ciclovia ficar fechada seja realizado um estudo hidrológico durante a obra para aprofundar o conhecimento sobre as ondas no local.

Leia mais:
Segundo Crea-RJ, projeto da Ciclovia Tim Maia não considerava ondas maiores de 2,5 metros