Avaliado em US$ 5 bilhões, projeto de trem entre São Paulo, Campinas e Americana vai entrar no PPI | Infraestrutura Urbana

Transporte

Notícias

Avaliado em US$ 5 bilhões, projeto de trem entre São Paulo, Campinas e Americana vai entrar no PPI

Primeira fase do empreendimento é composta por cerca de 135 km de extensão e nove estações

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
29/Março/2017
Shutterstock

O presidente Michel Temer afirmou na última terça-feira (28) ao secretário de Transportes Metropolitano do Estado de São Paulo, Clodoaldo Pelissioni, que o projeto da ferrovia que ligará São Paulo, Campinas e Americana será incluído no programa de concessão da União, o Programa de Parceria de Investimentos (PPI). A proposta agora é chamada de Trem Intercidades.

O sistema, que é avaliado em cinco bilhões de dólares e receberá financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), terá 135 km de extensão, com nove estações e expectativa de atender 60 mil passageiros todos os dias. O Governo Federal vai ceder a faixa de domínio do transporte de cargas até abril, o que era considerado um dos entraves para a viabilidade da ferrovia.

Futuramente, a proposta ainda prevê a ampliação do Trem Intercidades para Santos, Sorocaba e Pindamonhangaba, totalizando 431 km de percurso. "Este trem é muito importante porque tem alta capacidade de transporte, integrando regiões metropolitanas, facilitando o ir e vir das pessoas e com qualidade. São trens modernos e de velocidade média", disse Geraldo Alckmin, governador de São Paulo.

Estavam presentes na audiência o deputado federal, Vanderlei Macris, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputado Cauê Macris, o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa, o diretor-presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Passos, e o secretário executivo do PPI, Adalberto Vasconcelos.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos