Com telegestão, São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo, diminui em 54% o consumo com iluminação pública de LED | Infraestrutura Urbana

Energia

Tecnologia

Com telegestão, São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo, diminui em 54% o consumo com iluminação pública de LED

Dirceu Neto
Edição 68 - Março/2017

Desde 2015, a cidade de São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo, reduziu em 54% o consumo de energia ao adotar um sistema de iluminação pública LED com telegestão em radiofrequência. Foram instaladas 110 luminárias, que consomem metade da potência das tradicionais lâmpadas de vapor de sódio e que também se comunicam com uma central de controle capaz de monitorar todos os pontos em tempo real. A iniciativa faz parte do projeto Cidade Inteligente, idealizado pela distribuidora Elektro, que planeja investir R$ 18 milhões na cidade - R$ 300 mil somente em iluminação pública.

Divulgação
Controle remoto do acionamento, desligamento, dimerização e controle individual das luminárias a distância modernizam o sistema de iluminação da cidade no interior paulista

O ponto forte do projeto é a inteligência na iluminação, com controle remoto do acionamento, desligamento, dimerização e programação individual de cada luminária ou o acionamento em grupo. 'Com isso, temos um controle maior sobre o gasto de energia de cada ponto de iluminação pública', explica Jorge Aith, gerente de Medição, Perdas e Tecnologia da Elektro.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Infraestrutura Urbana

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.