Aeroporto internacional do Rio de Janeiro conclui obras para atender público da Olimpíada | Infraestrutura Urbana

Transporte

Obra

Aeroporto internacional do Rio de Janeiro conclui obras para atender público da Olimpíada

Reforma permitirá receber os maiores aviões do mundo e os aproximadamente 1,5 milhão de passageiros esperados para os jogos

Por Alexandre Raith
Edição 61 - Agosto/2016

Após quase dois anos em obras, o Riogaleão - Aeroporto Internacional Tom Jobim inaugurou em maio uma nova área de 100 mil m². O Píer Sul, construído como uma expansão do Terminal 2, integra uma série de reformas necessárias para receber cerca de 1,5 milhão de passageiros esperados para assistir aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

DIVULGAÇÃO: CONSÓRCIO RIO GALEÃO
Reformas foram necessárias para atender a aproximadamente 1,5 milhão de passageiros esperados para a Rio 2016

A modernização é fruto de uma concessão obtida em agosto de 2014 pela concessionária Riogaleão, formada pela Odebrecht TransPort, Changi Airports International e Infraero. Com o apoio da estatal, as empresas serão responsáveis pela administração e operação do aeroporto até 2039, graças a uma oferta de R$ 19 bilhões, 294% acima do lance mínimo estabelecido pelo Governo Federal. O grupo já investiu R$ 2 bilhões e estão programados mais R$ 3,2 bilhões até o fim do contrato.

Para oferecer mais conforto, eficiência e segurança, o pátio de taxiamento do aeroporto passou de 500 mil m² para 760 mil m², com 97 novas posições de estacionamento de aeronaves. Já o Píer Sul conta com 26 novas pontes de embarque, das quais três delas possuem especificações técnicas para acomodar os maiores aviões do mundo.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Infraestrutura Urbana

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.