Ao custo de R$ 900 mil, prefeitura de Maceió pavimenta 2,17 km de ruas e desobstrui 406 m de galerias em conjunto habitacional. Confira planilha orçamentária | Infraestrutura Urbana

Saneamento

Projeto orçado

Ao custo de R$ 900 mil, prefeitura de Maceió pavimenta 2,17 km de ruas e desobstrui 406 m de galerias em conjunto habitacional. Confira planilha orçamentária

Por Gisele Cichinelli
Edição 47 - Fevereiro/2015
 

Divulgação: Secom Maceió
Dados topográficos e informações detalhadas sobre a galeria foram minuciosamente colhidos no local, para que o dimensionamento da galeria fosse adequado ao volume de águas pluviais que seriam captadas após a pavimentação

O projeto de urbanização do Conjunto Lenita Vilela, no bairro de Ponta Grossa, em Maceió, foi concluído em outubro de 2014. Ao todo, foram pavimentados 2,17 km de ruas, desobstruídos 406 m de galerias e recuperadas 27 tampas de galeria. Também foram recuperadas 23 bocas de lobo e 24 tampas de poços de visitas, além da execução de linhas d'água nas 11 ruas que compõem o conjunto.

De acordo com Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) de Maceió, mais de 500 famílias serão beneficiadas diretamente com as obras. Com a adequação do sistema de drenagem previsto no projeto original e a execução da pavimentação, a expectativa é que as condições sanitárias e de acessibilidade melhorem consideravelmente no local. 'Antes das obras, as ruas ficavam constantemente alagadas, o que dificultava o tráfego. O acúmulo de lixo e de água de chuva no local também permitia a proliferação de insetos, até mesmo de escorpiões e de roedores, o que colocava constantemente em risco a saúde dos moradores', conta Disneys Pinto, engenheiro fiscal da obra.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Infraestrutura Urbana

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.