Livro reúne resultados dos seis anos de história do Programa Madeira é Legal | Infraestrutura Urbana

Meio ambiente

Notícias

Livro reúne resultados dos seis anos de história do Programa Madeira é Legal

Estado e a cidade de São Paulo são os maiores consumidores de madeiras tropicais do país

Kelly Amorim, do Portal PINIweb
17/Dezembro/2015
Divulgação

Está disponível para download gratuito a publicação Lições da Promoção da Madeira Legal e Certificada Junto ao Setor da Construção Civil, do Programa Madeira é Legal, criado pelo WWF-Brasil com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (SVMA).

O livro registra os seis anos de história da iniciativa e mostra que, entre 64% e 80% da produção de madeira na Amazônia é proveniente de áreas desmatadas ou exploradas ilegalmente de forma insustentável. De acordo com o livro, o estado e a cidade de São Paulo são os maiores consumidores de madeiras tropicais do país, sendo que a indústria da construção civil é responsável por grande parte deste consumo.

Com 31 páginas, a publicação apresenta os principais conceitos do programa, incluindo o contexto de surgimento e o histórico de desenvolvimento do projeto, e analisa os desafios, pontos positivos e resultados da iniciativa.

O arquivo também lista os integrantes do grupo gestor do programa, as instituições envolvidas e suas atribuições e os compromissos dos governos e das entidades representantes dos setores da construção civil e da produção de madeira.

O Programa Madeira é Legal conta com a participação da Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas (APEOP), da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (ASBEA), do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), do Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP) e do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCA), entre outras entidades.

Clique aqui para acessar a publicação. 

Destaques da Loja Pini
Aplicativos