Ministério das Cidades vai investir quase R$ 1 bilhão em obras de saneamento em quatro estados

O Ministério das Cidades anunciou no dia 29 de dezembro o investimento de R$ 951 milhões em obras de saneamento nos estados do Espírito Santo, Pernambuco, Goiás e Rio Grande do Sul. Os recursos virão do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) receberá R$ 312,49 milhões para obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água nos municípios de Recife, Petrolina, Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca, Garanhuns, Amaraji, Alto Capibaribe, Caetés e Camaragibe. Já a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) investirá R$ 63,56 milhões em quatro projetos de esgotamento sanitário nos municípios de Guarapari, Nova Venécia e Manguinhos, além de obras de desenvolvimento institucional.

Para o Rio Grande do Sul, a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) contará com o repasse de R$ 210,56 milhões em nove operações de obras de sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário. Os municípios que receberão as obras serão Imbé, Tramandaí, Xangri-lá, Capão da Canoa, Gravataí, Pedras Altas e Rio Grande.

Por fim, a Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) poderá realizar duas obras de ampliação do sistema de abastecimento de água em Anápolis e Aparecida de Goiânia, cujos investimentos somam R$ 379,31 milhões.

“Esse investimento que estamos celebrando, no último dia do ano, é muito representativo. Existe uma determinação do presidente Temer, e um esforço grande de nossa parte, para que os municípios sejam contemplados com obras na área de saneamento, e com isso, iniciarmos um ano de 2018 com investimentos, obras e melhorias na qualidade de vida dos brasileiros”, disse Alexandre Baldy, ministro das Cidades.