Metrô-DF inaugura estação em Ceilândia totalmente abastecida por energia solar

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) inaugurou no dia 20 de outubro a primeira estação metroviária autossuficiente na América Latina. A Estação Solar Guariroba, em Ceilândia, possui 578 painéis fotovoltaicos e é capaz de gerar 288 mil quilowatts-hora (kWh) por ano.

Além de produzir toda a energia necessária para seu consumo próprio, o excedente é direcionado para o sistema metroviário de Brasília, por meio da rede da distribuidora local. “Esse sistema vai significar economia de R$ 50 mil a R$ 60 mil por mês para o Metrô, e o nosso objetivo é ampliar isso para outras estações”, frisou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

O Metrô-DF é responsável por transportar pelo menos 170 mil usuários/por dia, deste total, aproximadamente 2.820 usuários embarcam na Estação Guariroba. “Esta usina será referência para os metrôs de todo mundo, devido à especificidade de se funcionar em um sistema de transmissão de elétrica em média tensão que alimenta a rede do metrô”, comentou o diretor-presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado.

Para instalação do sistema, foi realizado um pregão eletrônico com concorrência de 38 empresas, onde a vencedora foi a Cápua Projetos e Construções Ltda com um contrato de R$ 873.871,00. Os recursos são provenientes do financiamento do Banco do Brasil.

Esta é a primeira estação da América Latina e segue exemplo de estações de metrô em Milão, na Itália, Nova Deli, na Índia e em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Com a inauguração do sistema, o Metrô-DF recebeu o prêmio Golden Chariot International Transport Award, na categoria Companhia Nacional de Transporte do Ano, destinada a organizações mundiais que propõem soluções para o segmento.

A estação passará por testes iniciais de geração de energia durante três semanas.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb