Governo de São Paulo publica licitação da segunda fase de obras na rodovia Raposo Tavares

O Governo de São Paulo, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), publicou na última quinta-feira (14) o edital 0004/2017 de licitação de modernização do último trecho da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), entre os municípios de Ourinhos e Itapetininga.

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, serão aplicados cerca de R$ 900 milhões, considerando R$ 600 milhões da segunda etapa da licitação e R$ 300 milhões que já foram autorizados durante a primeira fase. O investimento será feito pelo Banco Mundial por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) e pelo Banco Santander, com garantia da Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (Miga).

“Nós acabamos de lançar o edital, mais de R$ 900 milhões. Serão 202 km de obras, sendo eles quase 60 km de duplicação, terceira faixa e acostamento”, disse Alckmin. “Uma ligação estratégica entre o norte do Paraná, o oeste de São Paulo até a capital. Isso vai promover desenvolvimento, fortalecer a agricultura, a pecuária, o comércio, serviços e o turismo, que está crescendo muito na região”, continuou.

Considerada a terceira maior obra de rodovia do Estado, este último trecho terá suas obras divididas em quatro lotes, do cinco ao oito, que vão do km 169 ao km 295,4, passando pelos municípios de Itapetininga, Angatuba, Campina do Monte Alegre, Paranapanema e Itaí, beneficiando pelo menos 227 mil habitantes.

Entre esses 126,4 km, serão realizadas obras como: a duplicação de 26,6 km de pistas; recuperação de 100,6 km de pistas simples; implantação de terceiras faixas em 54,8 km do lado direito e 62,4 km do lado esquerdo; implantação de acostamentos em 34,6 km do lado direito e 40 km do lado esquerdo; implantação de um viaduto e de 17 dispositivos em nível (rotatórias); implantação de três passarelas nos km 187,70, km 200,38 e km 244,21; melhorias em 11 dispositivos já existentes, sendo cinco rotatórias e seis viadutos; melhorias no sistema de drenagem; e revitalização completa da sinalização.

A abertura dos envelopes com as propostas e preços da licitação dos lotes está prevista para o dia 31 de outubro. Após todo o processo, a expectativa é que as obras se iniciem em fevereiro de 2018, proporcionando 470 postos de trabalhos diretos e 1.410 indiretos.

A licitação dos primeiros quatro lotes da Raposo Tavares está em andamento desde o dia 1º de agosto. O trecho que vai do km 295,4 ao km 373 abrange os municípios de Piraju, Bernardino de Campos, Ipaussu, Chavantes, Canitar e Ourinhos. Juntos, os quatro lotes estão orçados em R$ 302,8 milhões. A previsão de abertura dos envelopes é para o dia 29 de setembro.

O edital está disponível no site do DER clicando aqui.